EPSJV recebe equipe da Direção do Instituto Fernandes Figueira

O encontro teve o objetivo de aproximar o vínculo entre as unidades
Julia Neves - EPSJV/Fiocruz | 19/07/2021 14h25 - Atualizado em 20/07/2021 10h23

A Direção da Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio (EPSJV/Fiocruz) recebeu, no dia 14 de julho, integrantes da Direção do Instituto Fernandes Figueira (IFF/Fiocruz). O objetivo do encontro foi aproximar ainda mais os vínculos entre as unidades da Fundação. “A lógica é conhecermos o trabalho das duas unidades e ver de que modo podemos acumular esforços para potencializar as respostas das diversas atividades da Fiocruz”, ressaltou Anamaria Corbo, diretora da EPSJV. Anteriormente, a equipe da Escola já havia se reunido com a Direção da Casa de Oswaldo Cruz (COC/Fiocruz), também com a finalidade de aproximar as duas unidades.

Durante o encontro, foram apresentadas pela Direção da EPSJV as medidas que compõem o protocolo de retorno às atividades educacionais de forma presencial na escola. No momento da visita, a direção do IFF pode observar a sala modelo organizada pela Cogic na Escola que objetiva a testagem de um protótipo de filtragem do ar por UV, elaborada pelo engenheiro Bruno Perazzo em conjunto com a equipe do Departamento de Manutenção de Equipamentos (DEMEC/COGIC).

Também foram discutidas as demandas de formação de trabalhadores técnicos em saúde do IFF no âmbito das políticas públicas, os campos de estágios para os estudantes do Curso Técnico de Nível Médio em Saúde e de outras áreas da EPSJV, além de ações nas áreas de comunicação, divulgação científica e pesquisa. “Já temos parceria com o IFF em campo de estágio para nossos estudantes, mas podemos ampliar muito mais em outras áreas. Há uma demanda enorme de qualificação dos trabalhadores do IFF na área de manutenção de equipamentos, por exemplo", apontou.

Para Antônio Meirelles, diretor do IFF, trabalhar essa parceria potencializa as unidades dentro da Fiocruz e do Sistema Único de Saúde (SUS). “Nós enxergamos, desde sempre, que temos que potencializar a qualificação dos nossos trabalhadores, principalmente, dos servidores e terceirizados de nível médio, para fortalecer cada vez mais nosso papel de instituto nacional”, apontou. Em contrapartida, Antônio destacou que o próprio IFF reconhece que pode fortificar as ações da EPSJV sendo campo de estágio para os estudantes do ensino médio, de iniciação científica e de cursos técnicos, qualificando os trabalhadores para o sistema de saúde.

Também participaram do encontro pelo IFF, a chefe de gabinete, Mariana Setúbal, e os coordenadores de Educação, Carla Trevisan e Zilton Vasconcelos.

Comentar