Laboratórios

O Laboratório de Educação Profissional em Atenção à Saúde (Laborat) tem como foco principal a investigação do processo de trabalho e da formação dos trabalhadores de nível médio e técnico, assim como o desenvolvimento de processos de formação, norteados pela reflexão crítica acerca das relações entre a educação profissional e o processo de trabalho voltado para a atenção em saúde.

Desenvolve atividades de ensino, pesquisa e desenvolvimento tecnológico direcionados à qualificação profissional comprometida com os princípios norteadores do Sistema Único de Saúde (SUS), articulando em suas ações conhecimentos dos campos da saúde, da educação e do trabalho.

As ações do Laborat voltadas para o ensino são desenvolvidas em torno de cursos de especialização técnica e de formação continuada de trabalhadores da área da saúde em áreas como saúde mental, álccol e outra drogas e cuidadores de idosos. O laboratório coordena ainda o Curso Técnico de Agente Comunitário de Saúde e participa nos demais cursos da EPSJV contribuindo, principalmente, no campo das políticas públicas de atenção à saúde.

O Laborat também atua na produção de material didático voltado para a formação de nível médio, buscando desenvolver metodologias e estratégias para a constituição de bibliografia de referência e apoio aos alunos e docentes desse nível de ensino e o fortalecimento das bibliotecas públicas associadas às Escolas Técnicas do SUS.

Contato: laborat@fiocruz.br

47

O Laboratório de Educação Profissional em Gestão em Saúde (Labgestão) promove estudos e pesquisas que colaborem com conhecimento para o aperfeiçoamento da formação e da gestão no campo da saúde. Nesse sentido, os projetos de pesquisa buscam compreender a realidade e os desafios relativos à formação dos trabalhadores e à gestão no campo da saúde coletiva.

A pesquisa se materializa por meio de atividades e projetos que visam à construção de conhecimento para a gestão em saúde; o reforço da formação profissional em gestão em saúde como estratégia de consolidação do SUS, abarcando tanto ações formativas, no sentido da formação continuada e permanente dos trabalhadores, quanto à educação profissional técnica de nível médio em saúde; e a construção de propostas curriculares, instrumentos metodológicos e material didático, que permitam criar condições mais favoráveis ao ensino da educação profissional na área da gestão.

Contato: labgestao@fiocruz.br

36

O Laboratório de Educação Profissional em Informações e Registros em Saúde (Lires) coordena cursos voltados para os profissionais de nível médio que trabalham na produção e análise de informação aplicada ao planejamento, controle e avaliação das ações e dos serviços de saúde, no diagnóstico e tratamento dos principais agravos à saúde, na vigilância e análise de saúde da população; e que atuam também nos registros em saúde, sendo responsáveis pela abertura, manutenção, recuperação, controle da circulação e conservação do prontuário dos pacientes e demais documentos de saúde.

Na área da pesquisa, realiza estudos aplicados ao ensino no campo das informações e registros em saúde e aplicados ao processo de produção das informações em saúde no contexto do SUS. No âmbito da assessoria técnica, promove atividades junto às instituições de saúde relativas à gestão de documentos, processos arquivísticos e produção e análise de informação.

Contato: lires@fiocruz.br

37

O Laboratório de Educação Profissional em Manutenção de Equipamentos de Saúde (Labman) tem como missão o desenvolvimento de pesquisas e o fortalecimento da política de educação profissional, voltada prioritariamente aos trabalhadores do SUS, tendo em vista à sustentabilidade de tecnologias em saúde.

O Labman objetiva o constante desenvolvimento de parcerias com instituições de educação e saúde, a permanente participação em programas governamentais que visem à melhoria da qualidade de vida da população e o desenvolvimento de materiais didáticos e educativos.

O Laboratório está estruturado em três áreas de atuação, perpassadas transversalmente pela Saúde do Trabalhador. São elas: Radiações Ionizantes Aplicadas ao Tratamento e Diagnóstico por Imagem, Gerência e Manutenção dos Parques de Equipamentos Biomédicos e Gerência dos Ambientes de Saúde.

Contato: labman@fiocruz.br

38

O Laboratório de Educação Profissional em Técnicas Laboratoriais em Saúde (Latec) promove atividades de ensino, pesquisa científica e desenvolvimento tecnológico em educação profissional em temas ligados às atividades laboratoriais na área da saúde. O Latec realiza tanto a formação de jovens para ingressarem no mundo do trabalho em Saúde, como a atualização e desenvolvimento profissional de trabalhadores já inseridos nestas atividades. São exemplos os laboratórios de análises biomédicas, de controle de qualidade e produção de fármacos e reagentes para diagnóstico assim como os laboratórios das instituições de pesquisa e desenvolvimento tecnológico nas diversas áreas da Saúde.

Os cursos ministrados através deste Laboratório buscam integrar conhecimentos teóricos e práticos, proporcionando ao aluno informações que permitam uma permanente reflexão de seu papel como agente transformador dos processos de trabalho em Saúde. As aulas práticas, por sua vez, buscam demonstrar os princípios científicos envolvidos com as técnicas laboratoriais superando o simples adestramento, preparando nossos alunos para as transformações no mundo do trabalho em saúde decorrentes do desenvolvimento tecnológico e científico.

O Núcleo de Ensino e Pesquisa em Biossegurança (NUEBio) do Latec realiza cursos de capacitação profissional em biossegurança, no âmbito da Fiocruz, e em instituições de saúde do Brasil e de outros países do Mercosul, com o apoio do CNPq e do Centro Brasileiro-Argentino de Biotecnologia. O Setor de Apoio às Práticas Laboratoriais (SAP) do Latec é responsável pela administração, equipagem e controle de uso dos ambientes laboratoriais da EPSJV destinados às aulas práticas.

Contato: latec@fiocruz.br

59

O Laboratório de Educação Profissional em Vigilância em Saúde (Lavsa) tem como missão a promoção da educação dos técnicos dessa área através da coordenação de atividades de ensino, pesquisa, desenvolvimento tecnológico e cooperação técnica. Seu objetivo é contribuir para a formulação de políticas de educação profissional, propostas curriculares e tecnologias em educação para atender às necessidades dos trabalhadores do Sistema Único de Saúde (SUS), lideranças e moradores de comunidades organizados em movimentos sociais.

Os professores-pesquisadores do Lavsa atuam nas quatro áreas da vigilância em saúde: epidemiológica, ambiental, sanitária e saúde do trabalhador.

Contato: lavsa@fiocruz.br

41

O Laboratório de Formação Geral e Educação Profissional em Saúde da EPSJV (Labform) articula esforços de ensino, pesquisa e desenvolvimento tecnológico a partir da premissa da integração entre Educação Básica e Educação Profissional. Em relação ao ensino, concentra os profissionais responsáveis pelas disciplinas do Ensino Médio do curso técnico integrado.

Na articulação entre Educação Básica e Educação Profissional, o Labform adota o conceito de saúde da 8ª Conferência Nacional de Saúde como orientador, mostrando a pertinência de uma formação que possibilite ao trabalhador o domínio de diferentes linguagens, a compreensão dos conteúdos científicos e o debate sobre os valores éticos, conferindo um maior sentido ao exercício de sua profissão. Isso significa defender que todo trabalhador tem direito à Educação Básica.

Defendendo que a Educação Básica é direito de todo trabalhador, o Labform acolhe a idéia de que a formação humana se dá no entrecruzamento da sensibilidade e da razão, nas determinações da natureza e da história, nas formas de trabalho desenvolvidas pelo homem com a finalidade de produzir as condições necessárias à sua existência. Pautado nos princípios da politecnia, seu trabalho de formação se traduz no enfrentamento e no diálogo com as mudanças societárias atuais e tem como pedra angular a não-dissociação entre ensino e pesquisa.

Em relação à pesquisa, o Labform concentra o seu trabalho de investigação nas questões ligadas aos fundamentos e práticas da Politecnia/Educação Unitária. Para isso, busca aprofundar a historicidade das disciplinas escolares e analisar crítica e interdisciplinarmente os componentes curriculares das Ciências da Natureza, Ciências Humanas, Filosofia e área de Linguagens, de modo a propiciar a constituição de um currículo adequado a uma formação plena do profissional de saúde técnica de nível médio.

Contato: labform@fiocruz.br

42

O Laboratório de Iniciação Científica na Educação Básica (Lic-Provoc) tem por missão gerar, absorver e difundir conhecimentos na área da educação em ciências, tecnologia e saúde. Com a finalidade de promover a iniciação científica e contribuir para a melhoria da qualidade da formação de estudantes do ensino fundamental e do ensino médio, o Laboratório organiza e coordena programas e projetos educativos que visam ao desenvolvimento de ações integradas e estratégicas em educação em ciências.

Estruturando-se em torno de atividades diversificadas e abrangentes, o Lic-Provoc tem como principal atribuição coordenar o Programa de Vocação Científica (Provoc) da Fiocruz, ao qual compete estimular jovens para atuarem em carreiras profissionais ligadas à pesquisa científica e ao desenvolvimento tecnológico.

O Laboratório dedica-se aos seguintes temas estratégicos: Educação em Ciências; Iniciação Científica na Educação Básica; Políticas educacionais voltadas para a ciência e tecnologia; Formação profissional em ciência, tecnologia e saúde; Inovações metodológicas na área da iniciação científica; Carreiras e profissões científicas; Políticas juvenis voltadas para a formação profissional; Difusão de conhecimentos científicos e tecnológicos; C&T para a inclusão social; Práticas científicas e organização do trabalho; e Olimpíadas científicas.esafios atuais do mundo do trabalho e do exercício da cidadania. 

Contato: provoc@fiocruz.br
 

43

O Laboratório do Trabalho e da Educação Profissional em Saúde (Lateps) têm como missão institucional a produção de estudos e pesquisas sobre o trabalho técnico, a educação profissional e as políticas sociais de educação e saúde.

O trabalho técnico compreende aquele realizado pelo conjunto de trabalhadores que exercem atividades técnico-científicas na área da saúde, desde as atividades dos agentes comunitários de saúde até o trabalho técnico dos tecnólogos de nível superior. Os estudos de educação profissional em saúde, além da formação profissional no âmbito estritamente escolar, levam em conta a formação humana na totalidade das relações sociais. As atividades de pesquisa abrangem ainda as análises das políticas de saúde e de educação profissional e subsidiam o desenvolvimento de atividades docentes e de cooperação técnica, junto aos grupos de trabalho da EPSJV, Ministério da Saúde e outras instituições.

O Lateps coordena ainda a Estação de Trabalho Observatório dos Técnicos em Saúde, integrante da Rede de Observatórios de Recursos Humanos em Saúde do Ministério da Saúde – Rede Rorehs (Portaria SGTES/MS n° 01, de 11/03/2004).

Contato: lateps@fiocruz.br

44