Manifesto de solidarização com os estudantes, professores e gestores das Universidades Públicas, Institutos Federais e o Colégio Pedro II referente aos cortes orçamentários

Como instituição pública de ensino que oferece Educação básica integrada à Educação Profissional em Saúde, Formação de trabalhadores, a pós-graduação; além de se caracterizar como instituição de Pesquisa que desenvolve Ciência voltada para a sociedade, a Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio (EPSJV/Fiocruz) se solidariza com os estudantes, professores e gestores das Universidades Públicas, Institutos Federais e o Colégio Pedro II, que sofreram cortes expressivos no seu orçamento desse ano.

A Educação deve ser prioridade de qualquer país que almeje o desenvolvimento e a melhoria das condições de vida da sua população. O contingenciamento de recursos que há anos têm se mostrado insuficientes pode inviabilizar a continuidade do trabalho dessas instituições, referências em Pesquisa e que apresentam os melhores resultados educacionais do país.

As trágicas consequências dessa restrição de recursos serão sentidas de forma ampla nas ações estratégicas desenvolvidas em colaboração com outras instituições, como atua a EPSJV, parceira histórica de várias Universidades e Institutos no fortalecimento da Educação pública. É preciso que o campo educacional, a comunidade científica e a sociedade se mobilizem para reverter essa medida, que impõe um grave retrocesso às expectativas em relação ao futuro da nossa juventude.