Escola Politécnica da Fiocruz promove mostra audiovisual estudantil

Evento terá a participação de cineastas como Eduardo Coutinho, Paulo Silva e Júlio Pecly, além do produtor cinematográfico Cavi Borges
Talita Rodrigues - EPSJV/Fiocruz | 05/09/2011 08h00 - Atualizado em 01/07/2022 09h47


Com a produção audiovisual de alunos de escolas públicas do município do Rio de Janeiro como uma de suas atrações, a Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio (EPSJV), da Fundação Oswaldo Cruz, promove nos dias 8, 9 e 10 de setembro a 1ª Mostra Audiovisual Estudantil Joaquim Venâncio. O evento também terá a participação dos cineastas Eduardo Coutinho, Paulo Silva e Júlio Pecly, além do produtor cinematográfico Cavi Borges. “Nosso objetivo é fazer uma troca de experiências entre professores, alunos e produtores que discutem o audiovisual na educação”, explica Gregório Galvão, um dos organizadores do evento.



Nos dias 8 e 9, na parte da manhã, serão exibidos os vídeos dos estudantes, incluindo alguns produzidos por alunos da  EPSJV. Após as exibições, serão realizados debates com os estudantes produtores dos filmes. Os 20 vídeos que serão exibidos na mostra foram selecionados pelos organizadores entre 150 filmes enviados pelas escolas.



No dia 8, às 14 horas, o diretor de cinema Eduardo Coutinho, autor de filmes como Jogo de Cena (2007), Edifício Master (2002) e Cabra Marcado para Morrer (1984), participa de um debate sobre a linguagem do documentário. No dia 9, também às 14 horas, será exibido o filme ‘Enchente’, seguido de um debate com os diretores, Paulo Silva e Júlio Pecly e com o produtor Cavi Borges, sobre a questão da democratização da produção e da distribuição audiovisual no Brasil. O documentário ‘Enchente’ resgata a história das tragédias causadas pela chuva no Rio de Janeiro desde a década de 40, mostrando que esse é um problema longe de ser resolvido. O foco é a enchente de 1996, quando os diretores, moradores da Cidade de Deus, perderam todos os seus bens na enchente.



No dia 10, para encerrar o evento, será realizado um debate com professores que utilizam o cinema e o audiovisual na educação. Adriana Fresquet, professora-pesquisadora da Faculdade de Educação da UFRJ, contará sua experiência com o Cinead (Cinema para Aprender e Desaprender), e Anita Leandro, coordenadora do curso de graduação de Audiovisual da UFRJ, apresentará uma discussão sobre lições de montagem.



As inscrições para o evento podem ser feitas previamente pelo e-mail mostrajoaquimvenancio@fiocruz.br ou pessoalmente nos dias do evento. Mais informações no site www.epsjv.fiocruz.br/mostrajoaquimvenancio ou pelos telefones (21) 3865-9803 ou (21) 3865-9806.



A EPSJV está localizada na Av. Brasil, 4365, em Manguinhos, no Rio de Janeiro.