SUS

Exibindo 31 - 40 de 52
  • 10/04/2014 8h00 Reportagem

    Novo diretor tem currículo de serviços prestados a empresas privadas de saúde. Seu vínculo atual é com a Confederação Nacional de Saúde, que luta na justiça contra o ressarcimento do SUS, uma das principais bandeiras defendidas pela ANS. 

  • 27/03/2014 8h00 Reportagem

    No Brasil, o modelo de atenção ao parto é intervencionista, hospitalocêntrico e medicalizado, mas taxas de mortalidade materna e neonatal seguem altas e sem sinais de que irão diminuir. Conheça algumas experiências que dão certo no SUS

  • 07/10/2013 8h00 Reportagem

    Plenária final do Congresso da Abrasco exige a retomada do SUS e ampliação do projeto para toda a América Latina.

  • 02/10/2013 8h00 Reportagem

    Primeira conferência do Congresso da Abrasco indica que Estado tem que retomar a autonomia política.

  • 01/10/2013 8h45 Entrevista

    Nesta entrevista, o médico sanitarista Gastão Wagner, militante histórico da Reforma Sanitária e professor da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), faz um balanço do SUS 25 anos após a promulgação da Constituição Federal. Ele aponta entraves não resolvidos, como o subfinanciamento e uma política de pessoal para os trabalhadores da saúde, e problemas que se agravaram, como o espaço que tem sido conquistado pelo setor privado na saúde

  • 25/06/2013 8h00 Entrevista

    A presidente do Centro Brasileiro de Estudos de Saúde (Cebes), Ana Maria Costa, indica nesta entrevista que a proposta da presidente Dilma Rousseff, feita essa semana em resposta às manifestações, não atende às necessidades de uma saúde pública e de qualidade, e que é preciso aproveitar o momento para resgatar os ideais da Reforma Sanitária, que deram origem ao Sistema Único de Saúde, e que estão se esvaindo, principalmente, nestes últimos dois anos.

  • 20/11/2012 9h45 Entrevista

    Já acostumada a fazer transformações por onde passa, Dona Palmira, roubou a cena na abertura do 10º Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva, quando convidada pelo Ministro da Saúde, Alexandre Padilha, a compor a mesa do evento.

  • 20/07/2012 0h00 Entrevista

    O Conselho Nacional de Saúde está com sérias dificuldades de atuação. Esta é a avaliação de Francisco Batista Júnior, servidor da saúde e ex-presidente do Conselho Nacional de Saúde e hoje membro da mesa diretora do Conselho. Ele exemplifica a situação com acontecimentos das ultimas semanas sobre os quais o Conselho só tomou conhecimento pela imprensa: o anúncio de R$ 210 milhões para hospitais filantrópicos, R$2,7 bilhões na construção de 900 novas UPAS e a possibilidade de construção de um plano de carreira para os médicos do SUS. Nesta entrevista, realizada durante o Seminário da Frente Nacional Contra a Privatização da Saúde, em Maceió, Francisco Júnior fala sobre o histórico e os desafios atuais do controle social no SUS, além do momento político que o Brasil enfrenta, considerado por ele, um dos mais difíceis.

  • 11/05/2012 8h00 Reportagem

    O que a nova classe média, um banco público e a Bolsa de Valores têm a ver com os rumos do SUS?

  • 01/11/2011 0h00 Entrevista

    Com 32 anos, Hêider Aurélio Pinto é o nome mais jovem da gestão Alexandre Padilha, ele próprio o mais jovem ministro da Saúde na história do país. Médico sanitarista graduado pela Universidade de Pernambuco (UFPE), Hêider comanda o Departamento de Atenção Básica da Secretaria de Atenção à Saúde desde o começo do ano. O médico ganhou visibilidade nacional primeiro pelo trabalho como diretor de Atenção Básica da Bahia, depois como diretor-geral da Fundação Estatal Saúde da Família (FESF), quando articulou a desprecarização dos vínculos dos agentes comunitários de saúde à qualificação dos trabalhadores, contribuindo para que, hoje, 99% tenham prestado seleção pública para o cargo. Antes disso tudo, porém, Hêider foi médico da Saúde da Família, em Aracaju. Com a experiência acumulada como profissional da ponta e da gestão, o diretor do DAB fala nessa entrevista sobre a extensa agenda de mudanças por que passa a atenção básica e pontua os desafios que estão a caminho: na gestão – e unificação de concepções – dos diversos modelos existentes no país, na implantação de metas de qualidade, no financiamento, na articulação com o restante da rede e até com programas intersetoriais, como o Brasil Sem Miséria.